fundamentos historicos do Direito
210 pág.

fundamentos historicos do Direito


DisciplinaFundamentos do Direito do148 materiais609 seguidores
Pré-visualização50 páginas
2018
Fundamentos Históricos 
do direito
Prof.ª Ivone Fernandes Morcilo Lixa
Copyright © UNIASSELVI 2018
Elaboração:
Prof.ª Ivone Fernandes Morcilo Lixa
Revisão, Diagramação e Produção:
Centro Universitário Leonardo da Vinci \u2013 UNIASSELVI
Ficha catalográfica elaborada na fonte pela Biblioteca Dante Alighieri 
UNIASSELVI \u2013 Indaial.
340
L693f Lixa, Ivone Fernandes Morcilo 
 Fundamentos históricos do direito / Ivone Fernandes Morcilo 
Lixa. Indaial: UNIASSELVI, 2018.
 200 p. : il.
 
 ISBN 978-85-515-0122-1
 1.Direito. 
 I. Centro Universitário Leonardo Da Vinci. 
Impresso por:
III
apresentação
Os historiadores Marc Bloch (1886-1944) e Lucien Febvre (1878-
1956), em meio às guerras mundiais, formaram uma parceria intelectual que 
muito contribuiu para a concepção de História que temos nos dias de hoje. 
O ambiente marcado por grandes tragédias e perdas humanas exigia dos 
pensadores explicação e eles foram capazes de perceber que a história poderia 
ser um caminho possível para compreender aqueles tempos difíceis e dolorosos. 
Marc Bloch, com a ocupação nazista na França e por ser judeu, abandona a 
Universidade e torna-se um militante da resistência francesa. Preso pela Gestapo, 
foi torturado e fuzilado em 16 de junho de 1944, deixando inacabado um livro 
sobre metodologia, \u201cApologia da História ou O Ofício do Historiador\u201d, que foi 
publicado em 1949 pelo parceiro Febvre, como obra póstuma. 
Bloch inicia a obra com uma pergunta feita por seu filho, à época uma 
criança: para que serve a história? A resposta a esta interrogação permite 
explicar que o historiador tem a obrigação de difundir e esclarecer quando 
fala tanto para doutores como para estudantes iniciantes. 
Nas palavras de nosso autor, para responder a uma pergunta 
aparentemente simples, o \u201chistoriador é chamado a prestar contas\u201d (BLOCH, 
2002, p. 41), é chamado a explicar qual sua função, sua área de atuação, 
mesmo em se tratando da mais difícil das ciências, sempre em movimento. 
Afinal, o que é história? Para Bloch, história não é o estudo do passado \u2013 
\u201cpassado\u201d é um termo vago e amplo \u2013, mas a ciência dos homens, e seu objetivo 
é estudar a ação dos homens no tempo. O historiador não estuda o \u201cpassado\u201d, 
uma vez que presente e passado estão sempre sob o domínio do tempo. Estuda 
onde tudo começa: o presente, e assim compreende o passado. Do conhecido 
para o desconhecido. Uma tarefa que deve ser norteada pela permanente crítica, 
para não cair no erro de confiar em evidências sem comprovação de verdade. 
Por fim, conclui Bloch que assim é definido o ofício do historiador: 
estudar o homem em função do tempo desde o olhar presente, compreendendo 
o passado e desvelar a verdade, mesmo que sofra desilusões.
DICAS
O livro de Marc Bloch está disponível em: <https://bibliotecaonlinedahisfj.
files.wordpress.com/2015/02/bloch-m-apologia-da-histc3b3ria.pdf>. 
É uma interessante leitura!
IV
Com essa reflexão preambular iniciaremos o estudo da história do 
direito. 
Através da realidade do direito brasileiro atual, vamos retomar sua 
trajetória histórica. Em tempos tão difíceis como o que estamos vivendo no 
país, quando, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 
em 2014, 9,6% das crianças e adolescentes viviam em casas sem o mínimo de 
saneamento (água, luz e esgoto); um a cada cinco jovens de 15 a 29 anos 
não trabalha e não estuda; 4,3 milhões de trabalhadores domésticos sequer 
possuem carteira de trabalho, ou seja, vamos partir de um tempo e um espaço 
em que, ainda, direitos garantidos são negados para uma grande parcela 
da população. Tempo em que se fala muito em Direitos Fundamentais, 
Democracia e Cidadania, mas desde uma realidade brutal que coloca o Brasil 
como o 10º país em desigualdade social.
Não restam dúvidas: é urgente a tarefa de pensar o direito brasileiro 
e redefinir sua trajetória!!! Tarefa difícil e árdua, mas necessária.
FIGURA 1 \u2013 DESIGUALDADE SOCIAL
FONTE: Disponível em: <http://chert-poberi.ru/interestnoe/kak-vyglyadit-so
cialnoe-neravenstvo-v-raznyx-gorodax-i-stranax.html>. Acesso em: 8 jan 2018
Assim, com vistas a um futuro mais generoso e justo, vamos, desde 
esse presente que exige explicação, compreender o passado!
Afinal, é essa a tarefa do historiador do direito!
V
Você já me conhece das outras disciplinas? Não? É calouro? Enfim, tanto 
para você que está chegando agora à UNIASSELVI quanto para você que já é veterano, há 
novidades em nosso material.
Na Educação a Distância, o livro impresso, entregue a todos os acadêmicos desde 2005, é 
o material base da disciplina. A partir de 2017, nossos livros estão de visual novo, com um 
formato mais prático, que cabe na bolsa e facilita a leitura. 
O conteúdo continua na íntegra, mas a estrutura interna foi aperfeiçoada com nova 
diagramação no texto, aproveitando ao máximo o espaço da página, o que também 
contribui para diminuir a extração de árvores para produção de folhas de papel, por exemplo.
Assim, a UNIASSELVI, preocupando-se com o impacto de nossas ações sobre o ambiente, 
apresenta também este livro no formato digital. Assim, você, acadêmico, tem a possibilidade 
de estudá-lo com versatilidade nas telas do celular, tablet ou computador. 
 
Eu mesmo, UNI, ganhei um novo layout, você me verá frequentemente e surgirei para 
apresentar dicas de vídeos e outras fontes de conhecimento que complementam o assunto 
em questão. 
Todos esses ajustes foram pensados a partir de relatos que recebemos nas pesquisas 
institucionais sobre os materiais impressos, para que você, nossa maior prioridade, possa 
continuar seus estudos com um material de qualidade.
Aproveito o momento para convidá-lo para um bate-papo sobre o Exame Nacional de 
Desempenho de Estudantes \u2013 ENADE. 
 
Bons estudos!
NOTA
VI
VII
UNIDADE 1 - HISTÓRIA E DIREITO ................................................................................................ 1
TÓPICO 1 - DIREITO E HISTÓRIA: APROXIMAÇÃO NECESSÁRIA ...................................... 3
1 INTRODUÇÃO ..................................................................................................................................... 3
2 OBJETIVOS E MÉTODO DO ESTUDO DA HISTÓRIA DO DIREITO .................................. 6
RESUMO DO TÓPICO 1 ....................................................................................................................... 9
AUTOATIVIDADE ................................................................................................................................. 10
TÓPICO 2 - UBI SOCIETAS, IBI IUS? ................................................................................................... 11
1 INTRODUÇÃO ..................................................................................................................................... 11
2 OS PRIMEIROS NÚCLEOS HUMANOS ........................................................................................ 13
RESUMO DO TÓPICO 2 ....................................................................................................................... 17
AUTOATIVIDADE ................................................................................................................................. 18
TÓPICO 3 - O DIREITO DOS POVOS DO ANTIGO ORIENTE PRÓXIMO 
 (MESOPOTÂMIA, HEBREUS E EGITO) ..................................................................... 19
1 INTRODUÇÃO ..................................................................................................................................... 19
2 O DIREITO DIVINO DOS EGÍPCIOS ............................................................................................ 21
3 O DIREITO HEBRAICO: O SAGRADO ALICERCE DE UMA NAÇÃO ................................. 24
4 O CÓDIGO DE HAMURABI: UMA PRECIOSA